Inep divulga relação de conteúdos das provas do Enade 2017

73

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) publicou as diretrizes e conteúdos das provas de cada área avaliada no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2017. O exame avalia o desempenho dos estudantes em relação a conteúdos programáticos, habilidades e competências para atuação profissional, além de conhecimentos sobre a realidade brasileira e mundial, bem como sobre outras áreas do conhecimento.

A prova, que será aplicada em 26 de novembro, será dividida em questões de formação geral, comum a todas as áreas, com dez questões, sendo duas discursivas e oito de múltipla escolha. A parte específica terá 30 questões: três discursivas e 27 de múltipla escolha. O estudante tem quatro horas para resolver toda a prova. As diretrizes para o componente de formação geral estão publicadas em uma portaria específica no Diário Oficial da União.

Os conteúdos das provas são elaborados com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) de cada área, legislação associada e de profissionais e Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia.

A prova do Enade 2017, no componente específico da área de Pedagogia, tomará como referencial os conteúdos de: Filosofia da Educação; História da Educação; Sociologia da Educação; Psicologia da Educação; Teorias pedagógicas e Didática; Teorias e práticas de currículo; Planejamento e avaliação educacional; Políticas, organização e financiamento da educação brasileira; Pesquisa educacional; Tecnologias da comunicação e informação nas práticas educativas; Diferença, Diversidade e Educação inclusiva; Trabalho e Educação; Identidade e especificidades do trabalho docente; Planejamento e avaliação do ensino e da aprendizagem; Conteúdos e metodologias específicas do ensino de: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Geografia, História, Artes e Educação Física; Alfabetização e letramento; Políticas de Infância e Linguagens expressivas na infância; Práticas educativas para o processo de aprendizagem de crianças, jovens e adultos; Libras; Planejamento, organização e gestão escolar e em outros espaços educativos; Implementação e avaliação de currículos, programas educacionais e projetos político-pedagógicos; Gestão democrática educacional; Políticas e práticas de articulação escola-comunidade e movimentos sociais.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação